Bem-vindo ao Blog Sporting na Mente, onde se vive e respira Sporting!             O dia a dia do Universo Leonino aqui debatido. Opine deixando o seu comentário.                 Obrigado pela visita, volte sempre! http://sportingnamente.blogspot.com

terça-feira, 18 de maio de 2010

Izmailov parte a loiça

Na mesma altura em que se volta a falar do possível interesse do Lokomotiv de Moscovo na aquisição de Izmailov, mesmo que desmentida pelo seu empresário (este nem que falasse de joelhos com uma pistola encostada à cabeça eu acreditava nele...), o russo concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal OJogo onde fala de todos os últimos problemas vividos no Sporting e onde mostra todo o seu desapontamento.

Mesmo em férias, Izmailov não esquece o sucedido e promete levar o caso até às últimas consequências. Costinha e o médico Gomes Pereira são os seus principais alvos.

Aqui ficam alguns excertos da sua entrevista:

"Continuo a fazer tratamentos todos os dias, porque ainda não estou cem por cento recuperado."

"Estamos a falar de um problema cuja origem remonta ao tempo em que o treinador ainda era o Paulo Bento. Nessa altura havia uma relação humana muito forte com o técnico, e eu sacrifiquei-me pela equipa. "

"Acontece que, nesta parte final da época, já não estava em condições de ser uma ajuda. As dificuldades físicas eram imensas, mas quando expliquei ao Costinha [director para o futebol], ao médico [Gomes Pereira] e ao treinador [Carvalhal] aquilo que se passava comigo, apercebi-me de que as coisas tinham mudado. Vi reacções que me desgostaram. Não estava à espera de nada disso. "

"...não me sentia capaz de jogar, estava para aí a 20 por cento das minhas capacidades. Foi aí que se iniciaram conversas entre o médico, o Costinha e o treinador. Abria-se o conflito."

"Foi uma situação que me deixou frustrado. Fiquei desapontado com as pessoas. Não esperava essa reacção, mas, acima de tudo, estava descansado porque tinha a consciência limpa. Não estava a mentir. E, para mim e para a minha consciência, é muito importante saber que falo a verdade."

"Em toda esta história, a única coisa que lamento foi não ter comunicado ao Sporting a ida ao meu país."

"Tive dois problemas graves de carácter familiar - sobre os quais não vou falar publicamente -, e o clube estava ao corrente de tudo. O que se passou comigo era uma questão de grande respeito. Mais uma vez, senti-me muito mal com tudo aquilo que foi escrito e especulado nos jornais, quando o que estava em causa era uma coisa muito simples. Fui novamente mal compreendido pelas pessoas do Sporting. A confiança nelas não pode ser a mesma."

"A partir do momento em que o Costinha entrou, a relação alterou-se devido à pressão que o médico ia sofrendo. No jogo com o Atlético, o doutor não cumpriu o que tinha ficado combinado e depois foi à sala de Imprensa dizer que eu só não jogava se não quisesse. Nesse aspecto, não foi solidário comigo, porque ele sabia perfeitamente que eu não estava em condições de jogar."

"Sinto-me muito calmo. Aquilo que posso dizer é que perdi a confiança nessas pessoas. Mas tenho contrato de trabalho e, como sou profissional, vou cumpri-lo."

"Olhando para tudo o que se passou, se na altura tivéssemos tido a capacidade de discutir internamente, olhos nos olhos, cada um apresentando os seus argumentos, nenhum dos casos teria assumido as proporções que conhecemos."

"Estou tranquilo. Veremos como é que as coisas vão evoluir. Tudo o que quero é poder jogar e ajudar a equipa a vencer.(sobre uma eventual saída)"

"Carvalhal lutaria pelo título se lhe dessem outras condições".


Isto não é mais do que mais um auto-golo marcado por Izmailov...

3 comentários:

Anónimo disse...

pena um jogador destes estar nesta situaçao..
visitem

mitaka disse...

http://vivesporting.blogspot.com/

FM disse...

Amigo tenho o seu blog Na minha lista de blog's se quiser retribuir avise.
SL

 
©2008 'Sporting na Mente' Por Gnitrops